Dr. Felipe Magalhães - CRM-BA 12377
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

(77) 3421-3803

Artigos

Entrevistas
Coluna Norma Eliete

Compartilhe:

 

Norma Eliete – Quando uma pessoa procura um cirurgião plástico?

Felipe Magalhães – Quando ela sente que há algum desequilíbrio entre sua aparência e o que ela imagina ser o ideal para ela no meio em que vive. Naturalmente há de se ter um bom senso tanto por parte do paciente como por parte do médico no sentido de se busca as possibilidades reais.

NE – E por falar em possibilidades reais, a "Lipo" realmente emagrece?

FM - A lipoaspiração é uma cirurgia que tem a sua indicação quando se têm acúmulo de gordura localizado, e que geralmente a paciente não consegue se livrar com a dieta e a academia. Naturalmente, o paciente perde algum peso.

No entanto, emagrecimento não é indicação para se fazer lipoaspiração.  Se uma pessoa tem obesidade ou sobrepeso, ela deverá iniciar seu tratamento pelo endocrinologista, nutricionista e pelo educador físico.

NE – E qualquer pessoa pode fazer lipoaspiração? E as chamadas Minilipo, Lipolight e Hidrolipo?

FM - Na verdade essas denominações são sinônimas de Lipoaspiração; o que difere é apenas a extensão da região a ser tratada. Uma lipoaspiração de uma área pequena pode ser chamada de mini-lipo. A técnica é a mesma; uma remoção mecânica da gordura através de cânulas.

E quanto a limitações para se fazer uma lipoaspiração, essas serão as mesma de qualquer outra cirurgia. O paciente deverá estar clinicamente saudável, e passar em consulta com o anestesista no pré-operatório. Outra limitação na verdade será o excesso de pele, onde provavelmente deverá ser associada outra cirurgia para remoção desse excesso.

Por exemplo, a maioria das pacientes que já tenham tido uma ou mais gestações precisarão associar à lipoaspiração, uma cirurgia para remover a pele.

NE – As mulheres desejam, mas, têm medo da cirurgia de prótese de mama?

FM – Desejam mais do que temem (risos). Na verdade a cirurgia de implante mamário é bem segura e têm sido uma das mais procuradas. È uma cirurgia de médio porte, geralmente realizada em 2h, sob anestesia geral, e a paciente tem alta no dia seguinte .

Hoje o que se tem visto é um aumento no volume dos implantes; o que há 5 ou 6 anos tinha-se uma média variando entre 175 a 205 ml, agora está entre 235 a 285 ml.  É comum a paciente entrar no consultório e dizer: " Doutor, quero sair turbinada ! "(risos). È muito bom ver a paciente buscar a sua felicidade dentro de suas possibilidades.

Fonte: www.normaelite.com.br

NE – O que mais incomoda as pessoas quando chegam a 3ª idade?

FM –  Creio que essa denominação – 3ª Idade – seja muito mais didática que real. Tenho paciente de 60 anos que estão em sua plenitude, querem fazer lipoaspiração e colocar prótese mamária, por que estão iniciando um novo relacionamento. Tem coisa mais jovial que isso? Por outro lado, vejo pacientes com quarenta anos que já se acham velhas, acredite.

Então o que penso que mais incomoda as pessoas que já estão numa faixa etária acima dos 60 anos, é o não saber envelhecer.

Tecnicamente eu diria que a maioria dessas pacientes procura o médico para cirurgias de mama e rejuvenescimento facial, o lift facial.

NE – Onde é mais importante a beleza do ser humano, no físico ou na alma?

FM – A beleza é um conceito "absolutamente relativo". Depende de inúmeras variáveis, desde a época aonde é retratada, a raça, a faixa etária e principalmente de como o individuo se vê. Uma pessoa que esteja passando por dificuldades emocionais ou até mesmo no trabalho vai se sentir menos bela do que em outro momento, em que tenha estado apaixonada.

Não existe essa divisão exata entre a beleza física e a da alma. As duas se completam. Ninguém quer um amigo (a) ou parceiro (a) que sejam um Deus ou Deusa gregos e não sejam companheiros.

NE – De que maneira uma pessoa deve se preparar para fazer uma cirurgia?

FM –  A  Pessoa não deve apenas se preparar para a cirurgia. Ela deve buscar uma vida saudável.  E um ótimo começo é repensar a sua dieta, fazer uma re-educação alimentar; se matricular numa acadêmia ou fazer caminhadas.E tentar também rever o estresse do dia-a-dia.

Para sua cirurgia, tenha uma primeira consulta com o médico de sua confiança e fique a vontade para esclarecer todas as dúvidas. Uma orientação que eu passaria é que se busque informações sobre seu médico com pessoas que já operaram e também diretamente na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, no site ou por telefone.

NE – Na sua profissão há algo que gostaria de fazer que ainda não fez?  

FM - Uma aspiração profissional é conseguirmos implantar um Serviço de Cirurgia Plástica num Hospital Público, para tratarmos queimados, tumores e deformidades congênitas ou adquiridas. E agora que temos uma escola de medicina, poderemos implantar Ligas de Estudo, fomentar trabalhos científicos, e por que não imaginar um centro de formação de novos cirurgiões?!