Dr. Felipe Magalhães - CRM-BA 12377
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

(77) 3421-3803

Artigos

Nutrição
Alimentos DIET & LIGHT: Qual a diferença?

Compartilhe:

• Alimentos DIET são aqueles que não contêm um tipo específico de nutriente, como açúcares ou gorduras ou sódio ou proteínas ou algum outro ingrediente.

• Os alimentos “diet” são indicados para pessoas que têm restrição de consumo de algum ingrediente, como os diabéticos que não podem ingerir açúcar e os hipertensos que não podem consumir muito sal.

• Um alimento “diet” não significa que não contenha calorias, pois com a exclusão de algum ingrediente poderá haver acréscimo de outro ainda mais calórico(ex: o chocolate diet que não contem açúcar mas contem acréscimo acentuado de gordura).

• Outro exemplo é dos pães, que sofrem a retirada do açúcar, mas todos têm farinha em sua composição. A farinha é rica em carboidrato, que é uma forma complexa do açúcar.


• Um alimento “diet” não significa que não contenha calorias, pois com a exclusão de algum ingrediente poderá haver acréscimo de outro ainda mais calórico(ex: o chocolate diet que não contem açúcar mas contem acréscimo acentuado de gordura).
• Outro exemplo é dos pães, que sofrem a retirada do açúcar, mas todos têm farinha em sua composição. A farinha é rica em carboidrato, que é uma forma complexa do açúcar.

• Alimentos “light” são aqueles que apresentam redução mínima de 25% em determinado nutriente, calórico ou não, comparado com o alimento convencional.
• Para que ocorra redução de “calorias” é necessário que haja a diminuição de algum nutriente energético (carboidrato, proteína ou gordura).
• A redução de um nutriente “não calórico, por exemplo, o sal(sal light), não interfere na quantidade de calorias do alimento.

CUIDADO PARA NÃO ERRAR NA ESCOLHA
• A primeira diferença entre os alimentos “diet e light” está na quantidade permitida de nutriente. Enquanto o “diet” precisa ser isento de um determinado nutriente, o “light” deve apresentar redução mínima de 25%.
• A segunda diferença é que, o alimento light não é necessariamente indicado para pessoas que apresentam algum tipo de doença (diabetes, colesterol elevado, etc.). Se o alimento light apresentar eliminação do nutriente, por exemplo, açúcar (refrigerante light), poderá ser consumido por diabéticos.
• Além disso, a quantidade de alimento consumido não deve ser aumentado, pois. a redução de 25% num nutriente energético não é significativa para que você possa ingeri-lo em excesso.
• Leia o rótulo dos produtos. Observe atentamente a composição nutricional. Identifique a quantidade de cada nutriente (carboidratos, gordura, proteína e sais minerais) para se certificar do que realmente você está levando para casa.


PRODUTOS DIET E LIGHT PODEM ESTAR JUNTOS
• O iogurte natural desnatado é light, ou seja, apresenta baixo teor de gordura e é isento de açúcar(diet).
• Os refrigerantes diet ou light podem ser consumidos pelos pacientes diabéticos, pois não contem açúcar.
• Sorvetes e maioneses light são naturalmente calóricos pois contém alto teor gordura. Portanto é melhor substituir a maionese light por um molho de iogurte desnatado.

Fonte: www.mpnutricao.com.br